O museu não detém a propriedade de direitos autorais e não se responsabiliza por utilizações indevidas praticadas por terceiros. Saiba mais


Maqueta da Estátua Equestre de D. José I
MC.MAQ.0213

Cronologia

Dimensões

Mais informação

Todas as pessoas instruidas sabem que que a Escultura, e Pintura são Poesia muda (…). Na Poesia, o ultimo esforço da sua invenção, da sua erudição, e da sua eloquencia, dizer ser o Poema Epico: e a Epopeia da Escultura he huma Estatua Equestre, que aspira ao colossal

Joaquim Machado de Castro, 1810

 

Inaugurada a 6 de junho de 1775, dia do aniversário do monarca, a estátua equestre de D. José I, esculpida por Machado de Castro e fundida por Bartolomeu da Costa, foi colocada no centro do Terreiro do Paço, aproveitando as fundações do antigo baluarte de São João.

Na origem, a frente do pedestal ostentava um medalhão com a efígie do Marquês de Pombal, que foi apeado após 1777, ano em que D. Maria I subiu ao poder, e substituído por uma composição com as armas de Lisboa. O medalhão original só voltou a figurar na base do monumento em 1833. 

A estátua equestre de D. José foi a primeira escultura pública de Lisboa, pioneira de uma monumentalização da cidade que os séculos seguintes haveriam de ampliar.

A carregar...

Copyright 2022 © Museu de Lisboa Todos os direitos reservados
in web Acesso online à coleção Sistemas do Futuro